nome da pagina

Alunos vencedores da Semana D de Combate à Dengue visitam museu

140 crianças da Rede Municipal de Ensino conheceram o museu interativo Catavento Cultural e Educacional, em São Paulo

 

Na última quinta-feira (23), os 140 alunos da Rede Municipal de Ensino, vencedores da Semana D de Combate à Dengue, visitaram o museu interativo Catavento Cultural e Educacional, em São Paulo.

 

Este é o quarto ano em que o projeto – uma parceria entre as Unidades Gestoras de Saúde e Educação é desenvolvido na cidade e, de acordo com o coordenador do setor de Controle de Zoonoses, Eder Carmanini, sempre apresenta bons resultados. “A atividade é desenvolvida em meses críticos da proliferação do mosquito. Por isso é tão importante trabalhar esse tema com as crianças”, relata. 

 

 

Entre os vencedores, estão os alunos da etapa 2, da Cemeb Jovino Cosme Ubaldo, no Jardim Diana. O trabalho realizado pela professora Cristiane Perobeli (ao centro, na imagem acima), que de maneira lúdica, transformou os estudantes em detetives - com direito a lupas e lanternas, e assim, os pequenos realizaram uma verdadeira caçada contra o mosquito Aedes Aegypti. “Também montamos armadilhas pela escola, para que as crianças pudessem fazer sua investigação. Algo que instruímos, que repetissem em casa, com a ajuda dos pais”, falou a professora.

 

A diretora da Cemeb, Edilene Genoveva Barbosa Affonso (à direita, na próxima foto), ressalta que este é o segundo ano que a escola está entre as vencedoras. “Toda a equipe se envolveu na iniciativa e além dos alunos conquistarem o passeio, também levaram para suas famílias esse importante aprendizado”, afirma.

 

O pequeno Bryan Gandaro Siqueira, de apenas 5 anos (foto abaixo), que teve o desenho selecionado, aproveitou o passeio no museu com os amigos. “Gostei dos espelhos e das bolhas”, disse tímido. A diretora contou que o passeio também se tornou assunto entre os pais. “Muitos comentaram como as crianças chegaram animadas e cheias de histórias”, conclui Edilene. 

 

 

 

Sobre o projeto

 

Desde o início de abril, o projeto intersetorial contempla atividades em sala de aula, como pesquisa e até mesmo uma observação preventiva nas instalações escolares. Também foi realizada a entrega de panfletos de conscientização sobre o combate ao Aedes aegypti, a todos os Alunos matriculados. O objetivo foi levar os conhecimentos às suas famílias e sensibilizar os estudantes sobre a importância do combate ao mosquito Aedes aegypti, que causa dengue, zika vírus e chikungunya.

 

 

 

 

Confira os vencedores:

 

Educação Infantil

 

Cemeb Armindo Francisco de Oliveira 

Aluna: Alexya Victória Correa Camilio - Etapa II

 

Cemeb Jovino Cosme Ubaldo

Aluno: Bryan Gandaro Siqueira - Etapa II

 

Cemeb Juvenal Candido da Silva

Aluno: Isaac Alexander Condore Limachi - Etapa II

 

 

 

Ensino Fundamental

 

Cemeb Professor Carlos de Almeida

Aluna: Ana Clara da Silva Santos - 3º ano C 

 

Cemeb Prefeito João Aprillanti

Aluna: Isabelly Eduarda da Silva Medori - 5º ano A 

 

Cemeb São Miguel Arcanjo

Aluna: Gabriela Macedo da Silva - 5º ano A

 

CMDCA elege novo presidente

Cleber Cruz, representante da sociedade civil organizada, por meio do Grendacc foi eleito para o biênio 2019/2020

 

 

Na última quinta-feira (23), foi realizada a eleição para o biênio 2019/2020 do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Várzea Paulista, na sede da Apae. O novo presidente é Cleber Cruz, representante da sociedade civil organizada, por meio da entidade Grendacc.

 

 

Foram escolhidos cinco membros titulares, da sociedade civil organizada (entidades envolvidas com a causa) e seus cinco suplentes, são elas: Apae, Associação Cultural Capoeira Brasil, Guardinha, Grendacc e Sítio Agar.

 

 

Os novos componentes farão parte do Conselho, junto dos cinco titulares, representantes da Prefeitura, das seguintes unidades gestoras: Desenvolvimento Social, Finanças, Casa Civil e Educação. Além de indicados pelo prefeito Juvenal Rossi, que também contarão com seus suplentes. Os conselheiros conduzirão as ações do órgão pelos próximos dois anos.

 

 

A antiga presidente do CMDCA, Tânia Maura, agradeceu a parceria dos conselheiros e ressaltou a importância do trabalho realizado pelo grupo. “Esse conselho é de extrema importância para a cidade e para o futuro das nossas crianças e jovens. Aprendi muito neste tempo que estive na presidência e sei que tenho muito mais a aprender”, ressalta.

 

 

Presidente

 

Cleber Cruz é morador de Várzea Paulista há 35 anos e atua há 9 anos no Grendacc. Formado em Filosofia e Marketing e especialista em Marketing do Terceiro Setor e Captação de Recursos, este é seu terceiro mandato no CMDCA. “Meu intuito é dar continuidade ao trabalho já realizado e ampliar a visão para novas demandas, como o combate a vulnerabilidade social, pedofilia e outros pontos fundamentais do Estatuto da Criança e do Adolescente”, conta. “Sou muito grato pelo confiança depositada no meu trabalho e sei que posso contar com a parceria deste grupo tão engajado e atuante”, conclui.

 

 

Posse

 

A possedo novo presidente e dos conselheiros eleitos será realizada no dia 06 de junho, às 9 horas, na Câmara Municipal, localizada na Avenida Fernão Dias Paes Leme, 284 – Centro.

Viagem Literária atrai grande público a Biblioteca Municipal

Alunos da rede municipal, da Apae e apreciadores de uma boa história foram conferir o trabalho da atriz Heidi Monezzi

 

 

Na última sexta-feira (17), a Biblioteca Municipal de Várzea Paulista recebeu o programa Viagem Literária. A atriz e contadora de histórias Heidi Monezzi realizou a contação da história ‘O menino Tom’, baseado no livro Tom, de André Neves.

 

 

As duas apresentações realizadas na cidade, no período da manhã e tarde, atraíram um grande público para a Biblioteca Municipal, que teve sua capacidade máxima de visitantes preenchida. Alunos da rede municipal, da Apae e apreciadores de uma boa história foram conferir o trabalho da atriz. “Estou encantada com a grande participação de pessoas e a interação das crianças”, ressaltou Heidi Monezzi.

 

 

A atriz interpretou a história de Tom, que fala sobre o respeito ao próximo e a inclusão das crianças especiais. “Essa história sempre emociona adultos e crianças, mas em uma ocasião, duas crianças chegaram até mim aos prantos e falaram que tinham um irmão igual ao Tom, e que a partir da contação, entendiam o porquê de seu comportamento”, lembra. “Com certeza, foi um momento muito especial, que ficará na memoria deles para sempre”, conclui Heidi.

 

 

O diretor de cultura, José Moreyra, agradeceu a participação do público e ressaltou a importância da arte para o desenvolvimento humano. “Hoje apreciamos esse belíssimo trabalho da Heidi Monezizi, que com muita sensibilidade nos mostra o quanto a arte pode nos ensinar lições importantes com delicadeza e sensibilidade”.

 

 

De acordo com a bibliotecária municipal, Marli Zoratto, a Viagem Literária é uma atração muito aguardada pelo público. “Esta é uma iniciativa que a cidade participa desde 2010, e sempre somos agraciados, com a presença de grandes autores e artistas com belas performances”, destaca. Todos os eventos são gratuitos e abertos ao público.

 

 

O município adquiriu exemplares do livro Tom, de André Neves, que já estão disponíveis para empréstimo. A Biblioteca Municipal Profª Zulmar Zuleika Turcatto Maracinni está localizada na Av. Ipiranga, 151 – Centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8  às 17 horas.

 

 

O programa Viagem Literária é uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. 

Órgão do Governo Federal dá nota máxima para Várzea Paulista

Município conquistou nota A nos três indicadores de capacidade de pagamento: Endividamento, Poupança Corrente e Liquidez

 

O Tesouro Nacional Transparente, órgão do governo federal, concedeu a Várzea Paulista à nota ‘A’ na Capacidade de Pagamento (CAPAG). A análise verifica a situação fiscal do município e possibilita contrair novos empréstimos com garantia da União, o que possibilita juros mais baixos. Entre as cidades vizinhas que compõem o Aglomerado Urbano de Jundiaí, apenas Louveira conquistou a mesma nota.

 

De acordo com o professor convidado da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE – Fundação referência no Brasil), e experiente profissional, com diversos cursos de especialização em Gestão e Finanças pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Edson Gonçalves Rosa, a avaliação máxima da CAPAG é resultado do equilíbrio econômico conquistado pelo município. “Vemos que Várzea Paulista tem exercido uma gestão financeira rigorosa, saindo de uma dívida de R$ 78 milhões para um superávit de R$ 13 milhões. Tudo isso, num período econômico muito instável no país”, ressalta. “A cidade está fora da curva e suas conquistas podem servir de exemplo para outras gestões”, afirma o professor e especialista em gestão.

 

O objetivo da CAPAG é mostrar se um novo endividamento representa risco de crédito para o Tesouro Nacional. Várzea Paulista foi avaliada em três indicadores e em todos recebeu a nota máxima. São eles:

 

- Indicador I – Endividamento 

Dívida Consolidada/Receita Corrente Líquida - A (6.57%)

 

- Indicador II – Poupança Corrente 

Despesa Corrente/Receita Corrente - A (88.67%)

 

- Indicador III – Liquidez 

Obrigações Financeiras/Disponibilidade de Caixa - A (18.39%)

 

Edson Rosa explica que o CAPAG é uma radiografia da saúde fiscal de um ente público. “O equilíbrio fiscal alcançado pelo município é o mesmo que uma família deve ter: balancear o quanto se gasta, ao quanto se ganha”, informa. E quem possui as contas em dia, consegue juros menores e melhores fornecedores. “A classificação garante que Várzea Paulista honra suas contas e com isso, a oferta de fornecedores aumenta, o que consequentemente  melhora a qualidade do serviço prestado e reduz o valor, devido a maior concorrência”, relata o professor. Qualquer cidadão pode inclusive fazer a pesquisa no site oficial do órgão. Clique aqui e confira.

 

 

 

Confira a nota CAPAG dos municípios vizinhos:

 

- Várzea Paulista - A

 

- Louveira - A

 

- Jundiaí – B

 

- Campo Limpo Paulista - C

 

- Jarinu - C

 

- Itupeva - C

 

 

Aprovação no CAUC

 

O CAUC é um serviço que disponibiliza informações sobre a situação de cumprimento de requisitos fiscais necessários à celebração de instrumentos para transferência de recursos do governo federal, pelos entes federativos, seus órgãos e entidades, e pelas organizações da sociedade civil (OSC).

 

Várzea Paulista também foi aprovada em todos os quesitos: Adimplência Financeira, Encaminhamento das contas anuais, Aplicação mínima de recursos em saúde, Aplicação mínima de recursos em educação e Situação dos demais itens no CAUC.

 

 

Equilíbrio fiscal

 

Desde 2013, a Prefeitura de Várzea Paulista fez vários esforços para equilibrar as finanças do Município. Em 2018, a administração municipal zerou o déficit e alcançou o superávit fiscal de R$ 13.089.822,17, superando o déficit de dezembro de 2012 (último ano da gestão anterior) — R$ 78.616.505,42.

Prefeitura abre 25 vagas para Programa Frente de Trabalho

Interessados devem estar desempregados há um ano e residir em Várzea Paulista há dois anos

 

 

A Prefeitura de Várzea Paulista abre inscrições para o programa Frente de Trabalho. Uma ação de caráter assistencial, que tem como objetivo proporcionar ocupação, qualificação profissional e renda para parte da população desempregada, residente em Várzea Paulista.

 

São 25 vagas,  os interessados devem estar desempregados há 1 ano e morar em Várzea Paulista há 2 anos. Os aprovados para a função desenvolverão atividades na condição de Ajudante de Serviços Braçais, com prestação de serviços de interesse à comunidade local nos serviços de limpeza pública, conservação de áreas verdes e praças, manutenção de prédios municipais e estradas rurais.

 

Além disso, participarão de capacitação obrigatória, durante o período de 4 horas semanais, sendo ministrada por profissionais com experiência na formação e qualificação de mão-de-obra, sob a coordenação da Unidade Gestora Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Fazenda.

 

De acordo com o diretor de Programas Especiais, Eduardo Gouvêa, o programa Frente de Trabalho promove a reintegração do trabalhador. “É uma ação que vai além da relação emprego/trabalho. Proporcionando um resgate social do cidadão e sua capacitação profissional”, destaca. Os trabalhadores também terão direito a cesta básica e vale-transporte.

 

Inscrições

 

As inscrições serão realizadas de 21 a 31 de maio, no Facilita, que está localizado na Rua João Povoa, nº 97, Jardim do Lar. O prazo de validade das vagas são quatro meses - de junho a setembro. No ato da inscrição, os interessados deverão levar original e cópia (xérox) dos seguintes documentos:

 

• RG ou CNH;

• CPF;

• TÍTULO DE ELEITOR;

• COMPROVANTE DE ENDEREÇO COM CEP (caso não esteja no nome do candidato, levar declaração reconhecida firma no cartório);

• CARTEIRA DE TRABALHO (o xérox deve ser da página com foto e do verso da página do último emprego com folha seguinte em branco);

• PIS/PASEP (o xérox pode ser do Cartão Cidadão ou do Cartão do PIS, tanto do candidato quanto de todos os moradores da residência);

• CURRÍCULO;

• 1 FOTO 3x4.

 

Várzea Paulista gerou 14.500 empregos

 

Segundo dados divulgados pelo IBGE em 30 de abril, o Brasil possui 13,4 milhões de desempregados, o que representa 12,7% da população. Apesar da crise econômica nacional, nos últimos cinco anos, Várzea Paulista gerou mais de 14.500 empregos, uma média de seis empregos diários oferecidos ao cidadão varzino, informa o gestor de Desenvolvimento Econômico, Marco Bueno. “Recentemente uma única empresa abriu mais de 500 vagas em nossa cidade”, informa o gestor.

 

Segundo o Bueno, entre os fatores para o desenvolvimento econômico da cidade está a qualificação da mão de obra, com cursos realizados em parceria com o SEBRAE, ETEC e Secretaria do Estado do Trabalho. “Também valorizamos muito os médios e pequenos empresários, que no atual cenário, tem gerado muitos postos de trabalho”, esclarece. 

Sub-categorias