nome da pagina

Prefeitura prorroga inscrições para oficinas teatrais até 5 de maio

Encontros, que trabalharão conceitos de interpretação teatral, têm data de início alterada para 6 de maio

 

 

A Prefeitura de Várzea Paulista prorrogou, nesta semana, as inscrições para as oficinas de teatro, que serão oferecidas na Praça CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) como parte do projeto Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, entre maio e junho. Quem se interessar terá agora até o dia 5 de maio para se inscrever, um dia antes da nova data de início das formações. A prorrogação visa à obtenção de um número maior de inscritos.

 

Os interessados devem se dirigir à escola Musicarte, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, munidos de CPF, RG e comprovantes de residência (todos originais, com cópias simples). Para se candidatar às vagas limitadas, é necessário ter pelo menos 16 anos completos e os menores de idade devem fazer o cadastro, junto do responsável legal, que deve apresentar a mesma documentação.

 

O endereço é Rua Manoel Gonçalves, 200 – Jardim Primavera. Para dúvidas, o telefone é 4595-4080.

 

 

Sobre os encontros

 

As oficinas serão viabilizadas pelo Governo do Estado de São Paulo e pela  Secretaria Estadual de Cultura, por meio da Poiesis (Organização Social de Cultura) e da Oficina Cultural Maestro Juan Serrano, em parceria com a Prefeitura de Várzea Paulista, por meio da Unidade Gestora de Cultura/Turismo e Esporte/Lazer. Na sala multiuso da Praça CEU, serão trabalhados conceitos de interpretação teatral.

 

As formações, que se iniciarão em 6 de maio (sábado), serão feitas todos os sábados, das 14 às 16 horas, e devem se encerrar em meados de junho.

 

A Praça CEU fica localizada na Rua João Póvoa, s/n, Jardim do Lar (próximo ao Facilita).   

 

Várzea Paulista adere ao movimento Maio Amarelo

Campanha se inicia em maio por diversas cidades e tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de acidentes de trânsito no mundo

 

 

Durante todo o mês de maio, a Unidade Gestora de Trânsito de Várzea Paulista vai realizar ações no município em prol do movimento Maio Amarelo.  A iniciativa em todo o país mobiliza mais de 45 mil pessoas. O Intuito é chamar a atenção da população para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

Na cidade, serão realizadas ações de conscientização em semáforos e palestras educativas com os motoristas da Prefeitura e prestadores de serviços. Os motoristas receberão dicas de direção preventiva e orientações sobre as regras de trânsito.

 

Este ano, a campanha já ganha adesão nas redes sociais, com o tema “No trânsito você escolhe”.  A propaganda leva o motorista a pequenas reflexões, como “beber ou não beber” e “cinto de segurança: usar ou não usar”. A resposta é simples: a escolha faz a diferença.

 

A programação de palestras em Várzea Paulista começa no dia 2 de maio, e vai até o dia 5, no auditório da Praça CEU (Rua João Póvoa, s/n – Jardim do Lar), em dois horários: das 8h às 10h30 e das 13h às 15h30. O público-alvo são os servidores públicos. O tema será “Atenção pela Vida” e os palestrantes serão agentes da Unidade Gestora de Trânsito.

 

No dia 10 de maio, uma ação de educação no trânsito está programada com os alunos da Creche Dirce Pedroso, no bairro jardim Promeca. A unidade escolar foi a primeira a antecipar a campanha. Esta semana, foi entregue na área de recreação uma simulação de pista, com placas de sinalização e vagas de estacionamento. A “pequena pista” fará parte de atividades educacionais, com o objetivo de ensinar as boas práticas no trânsito. 

 

Para mais informações sobre o movimento, acesse o site específico.   

 

Conselho de Assistência Social terá eleição na próxima terça-feira (2)

Comunidade e sociedade civil poderão participar, para ter conselheiros eleitos e participarem do controle social municipal

 

 

 

A eleição do CMAS (Conselho Municipal de Assistência Social) de Várzea Paulista, para os próximos dois anos, ocorre na próxima terça-feira (2), na sede da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), às 9 horas. Os munícipes presentes poderão eleger oito membros da sociedade civil (entidades de assistência social) – quatro titulares e quatro suplentes – e quatro usuários dos serviços de assistência social do município - dois titulares e dois suplentes. Trata-se de uma oportunidade para a sociedade civil participar do controle social municipal.

 

Para pleitearem as quatro vagas previstas para a comunidade, os candidatos deverão ser munícipes, além de ser referenciados em um dos CRASs (Centros de Referência de Assistência Social) da cidade ou possuírem o Cadastro Único.

 

Os demais membros do CMAS (seis titulares e seis suplentes) serão representantes da administração municipal, indicados pelo prefeito Juvenal Rossi.

 

 

Serviço

 

As dependências da APAE ficam na Rua Alberto de Oliveira, 55 – Jardim Cruz Alta – Várzea Paulista.

 

 

Sobre o CMAS

 

Criado pela Lei nº 1.505, de 5 de setembro de 1997, o órgão colegiado tem funções deliberativas, fiscalizadoras e consultivas, de caráter permanente e composição paritária entre o Governo Municipal e a sociedade civil. A instituição é vinculada à Unidade Gestora Municipal de Desenvolvimento Social.     

Autismo é debatido entre funcionários da Educação de Várzea Paulista

Gestoras, coordenadoras, professoras, estagiárias, profissionais do COE e funcionários da AMA Jundiaí participaram de palestra com especialista em educação especial

 

 

Na última terça-feira (25), a Unidade Gestora de Educação promoveu um encontro entre profissionais da Rede Municipal de Ensino e a pedagoga - especialista em educação especial e coordenadora pedagógica da APAE de Várzea Paulista, Maria Luciana Guimarães Rocha, para falar sobre Autismo.  

 

Aproximadamente 60 pessoas participaram do encontro, que ocorreu no auditório da Unidade Gestora de Educação. Entre elas, gestoras, coordenadoras, estagiárias, professoras da rede de ensino e do Atendimento Educacional Especializado (AEE), profissionais do Centro de Orientação Educacional (COE) e funcionárias da Associação de Amigos do Autista - AMA Jundiaí. 

 

De acordo com a supervisora de ensino de Várzea Paulista, Carmen Célia Matias, que atua no atendimento educacional especializado (AEE), atualmente a cidade tem 25 crianças com laudo em autismo sendo atendidas na rede. “Nos encontros mensais da AEE sempre debatemos as melhores formas de incluir as crianças na rede. E detectamos a necessidade de ter mais informações sobre o autismo”, disse. “Dessa maneira poderemos atender adequadamente e com qualidade cada aluno, que é único”.  

 

Segundo Maria, o intuito do encontro é passar informações sobre como trabalhar o manejo comportamental, necessidade de avaliação, programa educacional individualizado e estratégias de materiais.

 

Além disso, a especialista destacou a importância do vínculo entre o professor e o aluno. “Estratégias são importantes, mas o aluno autista precisa se sentir acolhido, criar uma ligação com seu professor e preferencialmente, também com os colegas de sala”, explica. “Espero contribuir com o trabalho que está sendo desenvolvido na cidade através da minha experiência de 19 anos na área”, relata Maria Luciana.

 

 

Autismo

 

O autismo, ou de acordo com a quinta edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-V), de 2013 - Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), é um distúrbio neurológico caracterizado por comprometimento da interação social, comunicação verbal e não-verbal e comportamento restrito e repetitivo.

 

Conforme Maria Luciana Guimarães Rocha atualmente já é possível fazer um diagnóstico precoce, através de exames e testes. “Quanto antes o transtorno for detectado e a criança receber os estímulos necessários é possível conquistar bons resultados e qualidade de vida”, informa a especialista. “Mas o principal, muitas vezes, é a aceitação dos pais sobre a peculiaridade da criança e oferecer a ela todo o apoio necessário”, indica a profissional.

 

 

 

Atendimento Educacional Especializado

 

O atendimento educacional especializado (AEE) é um serviço da educação especial, colocado à disposição dos alunos com deficiências intelectual ou sensorial (visão e audição); transtorno do espectro autista; ou altas habilidades/superdotação.

 

O serviço identifica, elabora e organiza recursos pedagógicos e de acessibilidade, a fim de oferecer estratégias de apoio e complementação de acordo com as necessidades específicas de cada aluno. O atendimento se dá no turno inverso da classe regular, não substituindo as classes comuns. É realizado na própria escola em que o aluno estuda ou na mais próxima à sua residência, nos polos espalhados pela cidade.

 

Os profissionais que atuam nestas salas apresentam formação específica na área de educação especial, e, neste ano, Várzea Paulista conta com uma professora intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) à disposição da Rede Municipal de Educação.

 

Aos alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem, o município oferece o COE - Centro de Orientação Educacional, um serviço de caráter multidisciplinar, composto por profissionais com formação em psicologia, pedagogia, psicopedagogia e fonoaudiologia, com atuação voltada ao contexto educacional. O atendimento oferecido tem por finalidade a promoção da melhoria da qualidade do processo de ensino e de aprendizagem e ocorre, tanto de forma individual, quanto em grupos.

 

 

Crescimento do número de atendimentos

 

Cemeb REGIÃO 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Prof.ª Palmyra Aurora Rinaldi OESTE 0 0 0 0 12 12
Prefeito João Aprillanti OESTE 0 0 0 0 0 9
Vinícius de Moraes CENTRO- OESTE 0 0 0 0 12 10
Carlos de Almeida CENTRO- OESTE 0 0 0 0 0 12
Erich Becker NORTE 9 10 9 6 15 15
São Miguel Arcanjo NORTE 0 0 0 0 12 19
Armindo Francisco de Oliveira NORTE 0 0 0 0 0 11
TOTAL DE ATENDIMENTO: 9 10 9 6 51 85
REGIÃO/POLO

 

 

Salas de AEE em 2017

 

1) Cemeb (Centro Municipal de Educação Básica) São Miguel Arcanjo –  atende alunos das Cemebs Dra. Zilda Arns e Prof.ª Juvelita Pereira da Silva. Endereço: Rua Birigui, 325 - Jardim América IV; telefones: 4606-4810 e 4596-6751;

 

2) Cemeb Vinícius de Moraes –  atende alunos das Cemebs Prof.ª Edite Schneider; Vereador José  Pedro Musseli; Fazenda Mursa; e Jovino Cosme Ubaldo. Endereço: Rua Carioba, 277 – Jardim Alessandra; telefone: 4595-3000;

 

3) Cemeb Armindo Francisco de Oliveira – atende alunos das Cemebs Proinfância; Prof.ª Juvelita Pereira da Silva; Cecília Benevides de Carvalho Meireles; e Águida Aparecida Savietto Jorge. Endereço: Avenida Pacaembu, 971 – Jardim Paulista; telefone: 4595-2000;

 

4) Cemeb Erich Becker – atende alunos das Cemebs Florestan Fernandes e Cemeb Anísio Teixeira. Endereço: Rua dos Canários, 160 – Cidade Nova II; telefones: 4493-1009 e 4595-1878;

 

5) Cemeb Profª Palmyra Aurora D’ Almeida Rinaldi – atende alunos das Cemebs Prof. Oswaldo Camargo Pires; Prof.ª Maria Aparecida Aprillanti; Rosa Nanni Fioresi; Luiz Fioresi; e Padre Wilfrido Wieneke. Endereço: Rua Itaipu, 150 – Parque Guarani; telefones: 4606-5550 e 4606-5280;

 

6) Cemeb Prefeito João Aprillanti – atende alunos das Cemebs Prof.ª Beatriz de Oliveira Campos; Prof. João Batista Nalini; Juvenal Cândido da Silva; e Delminda Leda de Medeiros e Silva Vital. Endereço: Rua Valentina de Castro, 397 – Vila Santa Terezinha; telefones: 4596-4429 e 4606-1525;

 

7) Cemeb Carlos de Almeida – atende alunos das Cemebs Dirce Pedroso de Souza; Paulo Freire; Manoel Caetano de Almeida. Endereço: Rua João Francisco Leal, 142 – Jardim Promeca; telefones: 4595-1257 e 4606-3841.

Etec abre inscrições para curso técnico de administração em Várzea Paulista

Parceria entre a Escola Técnica Estadual e a Prefeitura disponibiliza 40 vagas na cidade

 

 

 

A Prefeitura de Várzea Paulista, em parceria com a Escola Técnica Estadual (Etec), do Centro Paula Souza, disponibiliza 40 vagas para o curso técnico de administração, que será oferecido no período noturno, na escola Prof. ª Edith Schneider (Jardim Cruz Alta). Os interessados devem estar matriculados no 2º ou 3º ano do Ensino Médio ou já tê-lo concluído. As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 12 de maio, por meio do site da Etec. A taxa é de R$ 30,00.

 

Para mais informações, basta entrar em contato com o Banco do Povo, no Facilita - Rua João Póvoa, nº 97 - Jardim do Lar, ou pelo telefone 4596-7564.

Sub-categorias