nome da pagina

Transporte escolar: economia com qualidade

Nova empresa deve seguir regras e normas que garantem a qualidade dos serviços

 

No mês de setembro a Prefeitura de Várzea Paulista firmou um contrato de 120 dias com a empresa Expert Locação, para a prestação de serviço de transporte de alunos da rede municipal, estadual e com necessidades especiais.

 

Esse contrato em caráter emergencial foi efetuado para que os alunos não fossem prejudicados devido ao término do contrato anterior. “Nenhum aluno foi surpreendido pela troca da empresa prestadora de serviço, pois informamos aos pais com antecedência e todos aceitaram bem.” Disse Rodolfo Braga, vice-prefeito e Gestor Municipal de Educação.

 

Essa nova licitação foi feita seguindo as alterações propostas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo que orientou a prefeitura a reavaliar o serviço prestado pela empresa anterior quanto à eficiência do serviço em relação aos valores pagos. “O novo sistema é muito mais econômico do que o anterior.” Completou Braga.

 

Segundo Carlos Teixeira, Gestor Municipal de Gestão Pública, essa alteração gerará uma economia na ordem de R$ 700 mil reais por ano aos cofres públicos, sem diminuir a qualidade dos serviços prestados aos alunos. “O processo licitatório para a contratação definitiva do serviço já está em andamento.” Afirmou Teixeira.

 

 

Nova empresa segue as normas definidas em contrato

 

“O transporte escolar exige muita responsabilidade e compromisso com as normas de segurança, por isso que todas essas exigências fizeram parte do edital de convocação à licitação. Todas as empresas que participaram do processo deveriam apresentar estrutura que correspondesse a esses itens de segurança e aquela que oferecesse o menor preço seria a vencedora, inclusive a empresa que prestava esse serviço anteriormente foi convidada a participar, entretanto não apresentou proposta.” Reiterou o Gestor de Educação, Rodolfo Braga.

 

Todos os carros têm menos de dez anos de uso, têm os equipamentos de segurança obrigatórios, como cintos e extintores, e transportam a quantidade ideal de crianças sentadas, além, de contar com monitoras que auxiliam no embarque e desembarque dos alunos.

 

 

 

Os motoristas têm a Carteira Nacional de Habilitação modalidade D ou E, que significa que são aptos a conduzir veículos desse porte e têm que apresentar o Certificado de Atualização de Transporte Escolar de Condutor Escolar, realizado por autoescolas especializadas com anuência do Detran de São Paulo.

 

“Quero agradecer à equipe da educação na figura da coordenadora Sueli pela atenção e pela urgência com que resolveram o problema do transporte das crianças. Além, disso podemos sentir uma melhora significativa tanto quanto ao rigor com os horários como com a preocupação das monitoras com as crianças”. Declarou a moradora do bairro Cidade Nova II, Elizangela Félix, mãe da aluna Mariy Ellen, do Cemeb Erich Becker.

 

“Os serviços prestados pela empresa vencedora da licitação são exaustivamente fiscalizados. Nós temos mães parceiras que também nos auxiliam nisso, por isso que todo erro ou falha é imediatamente comunicado à direção para que tome as providências, pois isso é motivo para rompimento de contrato. A segurança e o conforto de nossas crianças vêm em primeiro lugar.” Disse Sueli Souza, Coordenadora de Transporte Escolar da Unidade Gestora de Educação.

 

Hoje o sistema transporta 767 alunos em 11 linhas que contemplam toda a cidade, sendo 626 crianças e adolescentes da rede municipal, 129 da rede estadual e 12 alunos com necessidades especiais.