nome da pagina

Unidade de Desenvolvimento Social tem contas aprovadas pelo Conselho Municipal de Assistência Social

Ao todo, seis entidades são beneficiadas pela Unidade; presidente do Conselho destaca transparência como ponto de destaque na prestação

 

A Unidade Gestora de Desenvolvimento Social apresentou na manhã desta quarta-feira (27) na sala de reuniões do CRAS Central os balanços fiscais e financeiros da pasta em relação às entidades atendidas pela Unidade para o Conselho Municipal de Assistência Social. Ao todo seis entidades são beneficiadas pelos subsídios municipais: SOS Cristão e Cetec                   (abrigo para moradores de rua), Grupo Bem Viver (atividades com a Terceira Idade), Sítio Agar (abrigo para crianças e adolescentes afastados de suas famílias), Apae (Associação que se une para prevenir, tratar e promover o bem estar e desenvolvimento da pessoa com deficiência) e ONG Eco e Vida (coleta seletiva).

 

O Conselho Municipal de Assistência Social é formado por representantes do governo e da sociedade civil. Para a presidente do conselho varzino, Cleusa Gonçalves Duarte, a prestação de contas foi extremamente plausível. “Tudo foi muito democrático, transparente e esclarecedor”, destaca.

 

Toda a documentação e as planilhas apresentadas pela Unidade de Desenvolvimento Social foram aprovadas por unanimidade. Apenas alguns membros apresentaram ressalvas durante a aprovação, o que foi entendido pelo CMAS e algumas entidades, como um ato normal do processo. O motivo, segundo o técnico de contabilidade da Unidade de Desenvolvimento Social Antônio Tadeu de Almeida foi uma divergência entre o valor de reprogramação e o valor de saldo, o que já foi esclarecido pelas entidades. “Tivemos uma prestação de contas padrão. Toda parte fiscal e financeira está 100% aprovada”, finalizou.

 

 

A divergência encontrada por alguns membros foi apresentada para algumas entidades, como o Sitio Agar, que já se comprometeu a regularizar a situação. De acordo com Almeida, essa correção é normal e dentro da lei.

 

 

Membro do Conselho e gestor executivo da pasta, Reinaldo Silva, também elogiou o trabalho de todo o conselho de Assistência Social na coerência e responsabilidade na aprovação das contas. “Nossa gestão é muito transparente. Todos os documentos apresentados para o Conselho são inclusive públicos. Esse trabalho é muito importante para nossa população”.