nome da pagina

Curso de corte e costura ajuda alunas a viverem melhor

Munícipes demonstram que aulas do Fundo Social trazem muito mais benefícios do que o mero conhecimento técnico

 

Quem tem contato com as alunas de corte e costura do Fuss (Fundo Social de Solidariedade) de Várzea Paulista pode não perceber o bem que o curso faz a cada uma delas. Há exemplos claros de que as aulas fazem diferença na vida de quem participa delas, por promover horas de convívio prazeroso e muito aprendizado, conferido nas várias peças de roupa já confeccionadas pelas três turmas atuais. Algumas alunas fizeram questão de usar vestidos, frutos das técnicas básicas aprendidas nas formações, durante a visita de nossa equipe à sede da entidade.

 

 

Novo impulso

 

“As aulas me animam, dão força para eu enfrentar o que vem”. Maria Gorete Santana, 48 anos, faz esse e vários outros elogios ao curso de corte e costura de nível inicial. A moradora do Jardim América II vive em Várzea Paulista há 10 anos e vive um momento pessoal muito difícil, por conta de uma questão familiar. Iniciar a formação ofertada pelo Fundo Social veio em ótima hora para ela. “Precisava de algo diferente. Isso foi bom para minha vida”, revela. “O curso é uma terapia muito boa para mim”, elogia Maria.

 

 

Conviver com as demais pessoas participantes da formação faz muito bem para a munícipe. A turma já é considerada uma família para ela. “São três horas que passam muito rápido. É muito prazeroso. Não vejo a hora de chegar a terça-feira (dia da semana no qual tem aula”, conta, sorridente.

 

O curso, iniciado em junho, já lhe permitiu fazer vestido e saiote, por exemplo. “Estou gostando muito e quero fazer as aulas de nível intermediário, assim que forem ofertadas. Quero continuar a aprender, sempre”, afirma.

 

 

Sede de aprender

 

Jane Barbosa Oliveira, 56 anos, esbanja força de vontade. Após fazer outros cursos oferecidos pelo Fuss, a moradora do Jardim Satélite demonstra grande animação com as aulas do nível intermediário de corte e costura. “O curso é muito bom. Ocupa bem a mente. Eu tive as aulas de nível inicial no ano passado e neste ano estou fazendo o segundo nível. Já fiz bastante coisa: saia, vestido, macacãozinho para a neta. Quero usar o que faço em casa. Recomendo”, declara, com um belo sorriso.

 

Além dos cursos de panificação e bordado já feitos e das aulas de corte e costura, Jane também cursa informática no Fuss. Disposição para aprender é o que não falta para a moradora.

 

 

 

 

Pensamento no futuro

 

As roupas confeccionadas nas aulas serão vendidas em breve, pelo Fuss, para aplicar os recursos obtidos na própria formação de corte e costura.